:: Teste do Pezinho

 

Apresentação

Desde  1992,  a  APAE  de  São Luís  vem  realizando  o  exame  do  Teste  do  Pezinho, para diagnóstico  de  Hipotireoidismo   Congênito  e  Fenilcetonúria. Em 2001, a APAE foi habilitada pelo Ministério da Saúde como Serviço de Referência Estadual em Triagem Neonatal – SRTN- pela Portaria SAS n°  440 de 11 de  outubro  de  2001, na  Fase I (Exames de Hipotireoidismo Congênito e Fenilcetonúria) e habilitada, em 2002, pela  Portaria SAS 892 de 12 de novembro de    2002,   na    Fase    II   (Exames   de    Hipotireoidismo     Congêntio,     Fenilcetonúria   e Hemoglobinopatias), pela Portaria SAS nº 1346 de 04 de Dezembro de 2012, na Fase III (Fibrose cística) e pela Portaria SAS  nº 326 em 16 de Abril de 2014 na Fase IV (Hiperplasia Adrenal Congênita e Biotinidade.

Através de convênio com o Ministério da Saúde,  Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão e as Secretarias Municipais de Saúde, a APAE  São Luís conta com o apoio de uma extensa rede de coleta, composta por postos de saúde e hospitais, para que o exame seja oferecido gratuitamente a toda a população maranhense.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Teste do Pezinho

O Teste do Pezinho é um conjunto de exames laboratoriais que tem o objetivo de detectar precocemente algumas alterações metabólicas e genéticas congênitas que podem trazer graves problemas para a criança,  como o retardo mental e problemas respiratórios.

Esse exame ficou popularmente conhecido como Teste do Pezinho, porque a coleta de sangue é feita no calcanhar do pezinho do bebê; a coleta é um procedimento simples e que não traz riscos para a criança e é realizada no calcanhar devido à sua pouca enervação e por ser o seu sangue periférico.

O Programa de Triagem Neonatal da APAE São Luís desenvolveu um Teste do Pezinho moderno e eficiente, que permite a identificação de 18 doenças: Fenilcetonúria e outras 13 Aminoacidopatias, Hipotireoidismo Congênito, Hiperplasia Adrenal Congênita, Fibrose Cística (Mucoviscidose) e deficiência da biotinidase.

O Programa de Triagem Neonatal preenche todos os requisitos exigidos pelo Ministério da Saúde e faz parte do Controle de Qualidade Internacional Newborn Screening Quality Assurance Program, do Centers for Disease Control and Prevention(CDC), de Atlanta, Georgia-EUA.

Na cidade de São Luís e em todo o Estado do Maranhão existem vários postos de coleta credenciados para coletar e encaminhar o material para serem analisadas na APAE.

Porque fazer o teste

Algumas doenças do metabolismo, apesar de estarem presentes desde o nascimento, só se tornam claras para a família e para o pediatra depois de alguns meses quando já causaram danos irreversíveis ao organismo.

Através do Teste do Pezinho podemos saber,  a partir de algumas gotas de sangue, se o recém-nascido apresenta algum desses problemas que possam interferir no seu desenvolvimento normal, para que as medidas necessárias possam ser tomadas antes que a doença se manifeste.

Todos os distúrbios detectados pelo Teste do Pezinho são passíveis de tratamento que tem apresentado sucesso desde que diagnosticados precocemente. O Ministério da Saúde orienta que seja realizado entre o terceiro e o quinto dia de vida ou o mais breve possível

Doenças detectadas

Com uma única amostra de sangue (um só cartão de coleta), o Programa de Triagem Neonatal da APAE São Luís realiza os seguintes exames de triagem:

 Fenilcetonúria e outras Aminoacidopatias: diagnosticadas pelo exame PKU e Cromatografia de Aminoácidos;

 Hipotireoidismo Congênito: detectado pelos exames TSH e T4 Neonatal;

 Fibrose Cística (Mucovisicidose): é diagnosticada pela análise de Tripsina Imuno Reativa (IRT);

Hiperplasia Adrenal Congênita: é detectada pelo exame de 170H Alfa Progesterona;

Doenças Falciformes e outras Hemoglobinopatias; 
Deficiência de biotinidase.

Onde fazer a coleta

Na cidade de São Luís a coleta do Teste do Pezinho pode ser realizada na APAE, nas maternidades públicas e em várias Unidades de Saúde cadastrados para  realização da coleta.

Em todo o Estado do Maranhão: procure a APAE ou Unidade de Saúde de sua cidade.

Resultados

Os resultados  os resultados são entregues nas Unidade de saúde onde foi feita a coleta da amostra sanguínea.
Recoletas: Quando necessário, serão solicitadas pelo Laboratório recoletas das amostras de sangue por motivos justificados (coleta inadequada, material insuficiente para confirmação do resultado, acondicionamento indevido da amostra, etc.).

Casos Suspeitos: Os casos suspeitos serão confirmados por dosagem sérica e, quando positivos , comunicados diretamente ao responsável do posto de saúde onde foi feita a coleta  para a busca imediata do recém-nascido e  devido encaminhamento para tratamento clínico.

Dê seu Nome e Endereço completos: Quando for fazer o Teste do Pezinho dê seu nome e endereço completos e informações que permitam que a família seja rapidamente localizada se houver necessidade de repetição do exame.

Pegue o Resultado: É importante pegar o resultado. Compareça à Unidade de Saúde ou Hospital onde coletou o sangue na data prevista para a entrega do resultado. Se o resultado ainda não houver chegado, comunique-se conosco pelo telefone (98) 3216-4231 e 3216-4258. 

Informações adicionais

O Teste do Pezinho é obrigatório
Hoje em dia, o Teste do Pezinho é obrigatório por lei em todo o território nacional. A família tem a obrigação de exigir que o teste seja feito.

O Teste do Pezinho é gratuito

O exame realizado pela APAE São Luís é gratuito, e os Postos de Coleta não podem cobrar por nenhum serviço, pois ele são já são financiados pelo SUS e todo o material necessário para a coleta é fornecido pela APAE.

Não acredite ser doença rara
Não deixe de realizar o teste, nenhuma doença é rara se a vítima é o seu filho.

Idade do bebê
O período ideal para a realização da coleta do Teste do Pezinho é a partir do 3º dia de vida do bebê, após este, o mais breve possível. Isto não invalida, entretanto, a sua realização em bebês com mais dias de vida. O que pode ser prejudicada , se for necessário, é a eficácia do tratamento.

Alimentação do bebê
A coleta da amostra independe da alimentação que o bebê está recebendo e pode ser realizada em qualquer momento, independente do horário da mamada.

Saúde do bebê
Não há patologia presente no bebê que impeça a coleta do material, mas a mesma deve ser notificada ao Programa de Triagem Neonatal  por meio de observação no verso da Requisição do Exame.

Não confundir
As mães, às vezes, confundem o Teste do Pezinho (coleta de sangue) com a impressão do pezinho à tinta, na carteira de saúde da criança.

DOAR AGORA!