:: Teste da Orelhinha

 

TESTE DA ORELHINHA (EMISSÕES OTOACÚSTICAS)

É através da audição e da experiência que as crianças têm com os sons, ainda na barriga da mãe, que se dá o início do desenvolvimento da sua linguagem. Qualquer perda da capacidade auditiva, mesmo que pequena, impede a criança de receber adequadamente as informações sonoras essenciais para aquisição da linguagem.
 
AJUDE A CUIDAR DA AUDIÇÃO DO SEU FILHO

Emissões Otoacústicas, mais conhecido como Teste da Orelhinha, é um dos exames existentes para avaliar a integridade da função auditiva do bebê.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

TESTE DA ORELHINHA: SIMPLES E ESSENCIAL

Este exame consiste na colocação de um fone, acoplado a um computador, na orelha do bebê que permite sons de fraca intensidade e recolhe as respostas que a orelha interna do bebê produz. Fácil, rápido, o teste da orelhinha é realizado com o bebê dormindo, em sono natural. É indolor, não machuca e não tem contra-indicações, o bebê fica no colo da mãe e dura em torno de 10 minutos.
É recomendado que o teste seja feito no primeiro mês de vida, o mais importante é que seu bebê faça o mais cedo possível, para que se descubra, com antecedência, se há algum problema auditivo. A descoberta tardia pode dificultar o tratamento, além de prejudicar o desenvolvimento da criança.
A Lei Federal 12.303/10 garante ao seu filho o Teste da Orelhinha, para saber se está tudo bem com audição do seu bebê.

A cada 10 mil crianças nascidas, vinte têm problemas de audição. Pesquisas comprovam que a deficiência auditiva é a patologia mais frequente no período neonatal, superando inclusive as patologias detectadas pelo Teste da Orelhinha.

FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO:

Segunda a sexta – 7h30 às 11h30 / 13h30 às 17h
Agendamento: O exame do Teste da Orelhinha é agendado no Setor do Teste do Pezinho, pessoalmente ou via telefone. Para agendamento, necessário informar o nome e telefone para contato.
Fone: (98) 3216-4231

Realização do exame: obrigatória a apresentação do Cartão Nacional de Saúde (Cartão SUS), Certidão de Nascimento ou Declaração de Nascido Vivo.

DOAR AGORA!