Escola Eney Santana participa do Festival Paraolímpico de Esportes Adaptados

25/09/2019

Neste final de semana (21), ocorreu o Festival Nacional Paraolímpico de Esportes Adaptados, realizado em 70 cidades do país. Em São Luís o evento foi realizado no Núcleo de Esportes da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e contou com a participação de 160 pessoas dentre professores, voluntários, crianças e adolescentes, que estudam em escolas referência de educação especializada como as escolas Sá Valle, Alice Coutinho e Eney Santana - mantida pela APAE de São Luís.

 

O evento foi organizado pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), e ocorreu em uma data simbólica, o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21), e também em referência ao Dia do Atleta Paraolímpico (22). A programação envolveu 3 modalidades esportivas: o atletismo, a bocha e o judô.

 

O Educador Físico Herlan Azevedo, está há cinco anos na modalidade bocha e já vê um crescimento no número de atletas. “ Hoje estão participando 8 alunos com paralisia cerebral, a bocha é um esporte só para esse tipo de deficiência. Comecei com 1 aluno, agora temos 12”, comemorou.

 

O esporte aparece para as famílias como uma importante ferramenta de inclusão e ainda ajuda no desenvolvimento das crianças, como conta Dona Zumira, mãe de Davi de 11 anos com Síndrome de Down: ”faz três anos que ele compete pela APAE e faz parte da escolinha Eney Santana, ele participa de todas as atividades. Antes ele era muito agitado, hoje está mais adaptado ao convívio social e o esporte ajuda a canalizar essa energia”, contou.

 

O final de semana foi de lazer e diversão para Iuri da Silva de 14 anos, que recentemente, há cerca de quatro meses começou a prática de esportes na Escola Alice Coutinho, como conta sua mãe, Sra. Kátia Carvalho: “Estou achando que é muito válido, pois ele precisa de algo para fazer para não ficar ocioso, e faz muito bem para autoestima e para o cognitivo. Ele tem uma síndrome de Sotos, que causa um crescimento excessivo e um atraso intelectual grave. Tenho a expectativa que ele possa aprender muito e evoluir como pessoa, cidadão e como indivíduo na sociedade”.

 

O coordenador do evento José Azevedo conhecido como Prof. Mangueirão tem mais de 40 anos de experiência com os jogos adaptados tanto na APAE São Luís, como nos jogos Nacionais Paraolímpicos.  Ele fala da importância deste tipo de evento: “Este festival é para fomentar o esporte para ter um ciclo de troca de atletas, ou seja, essa faixa etária de 10 a 17 anos é uma geração que está chegando e precisamos ter trabalho de base, de escolinha para formar novos atletas. Hoje não é um dia de competição, mas a oportunidade que essas crianças tem de contato com essas modalidades esportivas para conhecerem”, explicou.

 

Datas comemorativas

 

A data nacional foi instituída pelo decreto de lei nº 12.622, de 8 de maio de 2012, passando a ser comemorada a partir de 2014. Já o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21 de setembro) existe desde 2005 para conscientizar a importância de se desenvolver formas de inclusão de pessoas com deficiência na sociedade.

 

 

 

 

Please reload

Destaques

A Escola Eney Santana, mantida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE de São Luis, respeitando o que dispões a LEI 12.101/2009 e alt...

Seleção de alunos para concessão de bolsas de estudo na Escola Eney Santana

23/12/2019

1/10
Please reload

Últimas notícias
Please reload

Pesquisar por Tags