Exposição revela talentos de alunos Escola Eney Santana



Ao longo dos seus 45 anos, a Escola Eney Santana, mantida pela APAE de São de Luís, tem revelado grandes talentos, como é o caso dos alunos Rafael Cruz e Adriana Ferreira, que durante três dias tiveram a oportunidade de expor suas obras no Bazar Solidário da Instituição.


Segundo a Coordenadora de Ações Educacionais da APAE de São Luís, Pauliana Melo Batista Figueiredo, o evento teve como finalidade promover valorização: “A exposição além de valorizar o trabalho dos alunos, foi também uma forma de divulgar o potencial artístico que eles possuem. Além da formação acadêmica que a escola oferece, também incentivamos os alunos a desenvolverem suas aptidões artísticas”, declarou.


Rafael Cruz, 30 anos, ingressou na APAE de São Luís aos 11 anos e começou a pintar telas aos 25 anos. Desde então tem demonstrado seu amor à pintura, possui aproximadamente 70 quadros pintados. O artista revelou que gosta de fazer pinturas do Centro Histórico de São Luís.


Segundo a Senhora Raymunda, mãe do Rafael, a APAE de São Luís foi muito importante para o desenvolvimento do seu filho: “O começo dele foi aqui, estamos muito gratos porque a APAE nos ajudou e está nos ajudando”, afirmou.


A artista Adriana Ferreira, 29 anos, ingressou na APAE de São Luís aos 5 anos e aos 15 anos aprendeu a fazer artesanato na Oficina Pedagógica de Artesanato da Instituição. A aluna informou que leva aproximadamente uma semana para fazer as peças grandes de lã e que futuramente quer aprender a fazer crochê.


A professora Pauliana Figueiredo, Coordenadora das Ações Educacionais da Escola Eney Santana, acredita que a exposição foi proveitosa: “Para toda a equipe da escola, a exposição dos alunos Rafael e Adriana foi muito satisfatória. Nós sempre buscamos estes espaços pra divulgar o potencial dos nossos alunos”, declarou.


A APAE de São Luís acredita no potencial artístico dos seus alunos e orgulha-se das suas trajetórias de vida.



Destaques